Dom Will

Ars Gratia Artis

Categoria: Metalinguagem Page 2 of 3

Sem meias palavras

Para boa palavra,
meio entendedor basta!
 
 
=Dom

Natasha

Trabalhava no banco, a menina,
e até que era bem jeitosinha.
A chamavam Natasha e o duro
era ter de conviver com os trocadilhos!

=Dom

 

 

Humildade

Dos malas, o menor…

=Dom

Impressão gastronômica

O restaurante era a quilo,
mas não era aquilo tudo…

 

=Dom

Procrastinação poética

“Soneto” que amanhã eu faço.

=Dom

Sofia

Adjetivo e Desinência
copularam…

Fez-se no gesto a gestante
e por falta de melhor substantivo,
chamaram “Poesia” à recém-nascida.

=Dom

Ab ovo

Desculpem, mas vamos ser sinceros:
os advogados apelam!

=Dom

Instantâneo

O instante é a poesia do tempo…

 

=Dom

Poesia minimalista

=Dom

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén