Dom Will

Ars Gratia Artis

Mês: janeiro 2015

Natasha

Trabalhava no banco, a menina,
e até que era bem jeitosinha.
A chamavam Natasha e o duro
era ter de conviver com os trocadilhos!

=Dom

 

 

Tríade, do mal do mundo…

O mal dos ônibus são as pessoas…
_
O mal do mundo são as pessoas…
_
O mal do mundo sou eu…
=Dom

Humildade

Dos malas, o menor…

=Dom

Conheça a série “Polis”

Polis

A luz que transpassa as lentes projeta na retina da câmera a cidade em suas várias personas. Seus detalhes mínimos e suas paisagens máximas são o objeto de interesse desta série…

Clique aqui e veja a série completa

Insensatez Corporativa

O telefone me engole
Me engole o quadro de avisos
Na mesa, na biblioteca,
Me engole, das canetas o riso

Enlouqueço (…)

E tudo quanto desejo
É que me deixem em paz
O telefone;
O maldito quadro;
O riso ignóbil das canetas

 

=Dom

Conheça a série “Street shooting”

Street shooting

Sair com uma grande-angular pelas ruas sem um destino certo. O casual, o corriqueiro e o cotidiano são os objetos de interesse da série “Street shooting”, que, como o nome propõe visa obter imagens não planejadas das ruas da cidade…

Clique aqui e veja a série completa

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén